A cozinha é, certamente, a parte mais importante de qualquer negócio relacionado ao setor alimentício. Seja um restaurante, um food truck, uma pizzaria ou uma cafeteria, o planejamento e a montagem da cozinha é fundamental para que seu negócio se destaque frente aos concorrentes e alcance uma posição de destaque no mercado.

Por isso, trazemos, nesta semana, um artigo sobre a montagem de uma cozinha industrial. Ao longo do texto, abordamos alguns dos principais pontos que devem ser levados em conta nesse processo, como o planejamento, a elaboração de um projeto e a escolha dos equipamentos, essenciais se você deseja garantir o máximo de eficiência e produtividade para sua cozinha no dia a dia.

O planejamento do seu negócio

Antes de tudo, é importante fazer um planejamento do seu negócio como um todo, incluindo, por exemplo, qual o ramo de atuação e qual a demanda esperada de produção. Nesse sentido, o primeiro passo é determinar o tipo de negócio. Será uma cozinha de restaurante ou de uma hamburgueria? Será oferecido serviço a la carte ou apenas delivery? Essas são apenas algumas das perguntas que você precisa responder antes de iniciar a montagem de sua cozinha industrial. No setor alimentício, as possibilidades são infinitas. Assim, cabe a você analisá-las e decidir pelas que melhor se adequam à sua realidade.

Além disso, também é importante já estipular a demanda no dia a dia, considerando, por exemplo, o tamanho do espaço disponível e sua capacidade de produção. Quantas pessoas serão atendidas simultaneamente? Quantos funcionários serão necessários para que isso se torne possível?

Após respondidas todas essas questões, devemos voltar nossa atenção à cozinha propriamente dita. 

Já definido o tipo de negócio, é importante determinar quais equipamentos serão necessários para o funcionamento da cozinha. É indiscutível, por exemplo, que os equipamentos necessários para uma cafeteria são bastante diferentes dos equipamentos em um restaurante de grande porte. Quanto a essa questão, voltaremos a discuti-la mais adiante ao longo deste artigo.

Passemos, agora, para o projeto.

O projeto da sua cozinha industrial

A montagem de uma cozinha industrial deve ser acompanhada por profissionais qualificados e experientes. Nesse sentido, é indispensável a atuação de engenheiros e de arquitetos, principalmente, que saberão a melhor forma de adequar os seus desejos e as suas necessidades ao espaço disponível.

Em qualquer estabelecimento relacionado ao setor alimentício, a eficiência e a produtividade são pontos fundamentais se você deseja construir um negócio de sucesso. Não basta, por exemplo, oferecer um produto de qualidade. Além disso, é importante que o preparo seja feito da forma mais rápida possível, garantindo, assim, uma maior satisfação por parte dos consumidores.

Para isso, a elaboração de um projeto é fundamental. A partir dele, são determinados o layout de sua cozinha, a organização das estações de trabalho e a disposição dos equipamentos, por exemplo, de forma a garantir um fluxo de trabalho mais eficaz, que aumente a produtividade e a eficiência de sua cozinha no dia a dia.

Para saber mais sobre a importância de um projeto para sua cozinha industrial, clique aqui e veja um outro artigo que produzimos sobre esse tema.

Os equipamentos indispensáveis para sua cozinha

Como dissemos anteriormente, os equipamentos necessários variam consideravelmente, dependendo do seu tipo de negócio. Nesse sentido, destacaremos, aqui, alguns dos principais equipamentos indispensáveis para cozinhas industriais, dividindo-os em classes.

Abordaremos, principalmente, os equipamentos de cocção, de refrigeração, de distribuição e de higienização. Ainda assim, vale destacar os equipamentos de transporte e de pré-preparo, além dos utilitários, também indispensáveis para as cozinhas industriais.

Cocção

Os equipamentos de cocção são aqueles utilizados para, de fato, preparar os alimentos, a partir do fornecimento de calor.

Dentre os equipamentos de cocção, vale destacar os fornos industriais, os fogões industriais, as chapas, as fritadeiras e os caldeirões, que podem ser encontrados em diferentes modelos e variações, que se tornam mais ou menos adequados dependendo das suas necessidades.

Refrigeração

Os equipamentos de refrigeração são utilizados para armazenar bebidas e insumos até o momento do preparo, com total segurança, garantindo a manutenção das propriedades fundamentais dos alimentos, como cor, cheiro, textura e sabor.

Dentre esses equipamentos, ressaltamos a importância dos freezers industriais, dos refrigeradores, das cervejeiras, das refresqueiras e das geladeiras industriais.

Distribuição

Os equipamentos de distribuição são aqueles nos quais você pode expor os alimentos previamente preparados aos consumidores.

Nessa categoria, destacam-se os balcões térmicos e refrigerados, além, é claro, dos passthroughs.

Higienização

Os equipamentos de higienização, como o próprio nome já diz, são utilizados para limpar todos os utensílios utilizados no preparo dos alimentos, de forma muito mais rápida, prática e segura.

Dentre os equipamentos de refrigeração, destacamos as lavadoras de louças industriais, os carros para remolho, os porta detritos e as peças em inox, como mesas, pias, tanques e balcões, indispensáveis para qualquer cozinha industrial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *